Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Arquidiocese
A primeira Capela dedicada a Santo Antônio que se tem notícia na região de Juiz de Fora teria surgido na primeira metade do século XVIII, construída pelo fazendeiro Antônio Vidal. Em 1850, a então Vila de Santo Antônio do Paraibuna de Juiz de Fora é elevada à categoria de Paróquia e sua Capela tornou-se a Matriz, edificada no mesmo local onde se encontra hoje, como Catedral Metropolitana de Juiz de Fora.
                Em 1° de fevereiro de 1924, através da Bula Pontifícia “Ad Sacrosancti Apostolatus Officium”, o Papa Pio XI oficializou a criação da Diocese de Juiz de Fora, nomeando como seu primeiro bispo Dom Justino José de Santana que governou a Diocese de 1925 a 1958. Seu sucessor foi Dom Geraldo Maria de Morais Penido. Em 1962, o Papa João XXIII elevou a Diocese de Juiz de Fora à sede de Província Eclesiástica, e Dom Geraldo Penido tornou-se o primeiro Arcebispo, permanecendo na função até 1977. Em 1978 assumiu como segundo Arcebispo, Dom Juvenal Roriz. Seu sucessor, Dom Clóvis Frainer esteve à frente da Arquidiocese de 1991 a 2001. Dom Eurico dos Santos Veloso foi o quarto Arcebispo. Em 2009 foi substituído, pelo atual Arcebispo, Dom Gil Antônio Moreira.
Seminário Arquidiocesano Santo Antônio eMiolo.com
Av. Barão do Rio Branco 4516 - 36026-500 - Juiz de Fora MG
(32) 3239-8600 - seminario@seminariosantoantoniojf.com.br